Radar revela localização de antiga cidade

Por Márcia Jamille Costa

 

Uma equipe de arqueólogos austríacos, com o auxilio de um radar, determinou a extensão das ruínas de uma cidade de 3.500 que foi habitada pelos Hicsos, um povo guerreiro da Ásia que dominou o Egito por um século.

Irene Mueller, chefe da equipe, disse que o objetivo da pesquisa é determinar qual a extensão da cidade, que fazia parte de Avaris (ocupada pelos asiáticos durante o final da 12ª até a 13ª Dinastia). As imagens reveladas pelo radar mostram os contornos das ruas, casas e templos, tudo isto está soterrado por lavouras da atual Tell el Dab’a.

As imagens do radar mostram os contornos das casas, ruas e templos sob a lavoura. Mapa divulgado pelo Conselho Supremo Egípcio de Antiguidades no domingo 20 de junho de 2010 (Fonte: AP/Supreme Council of Antiquities)

 

Técnicas não invasivas, em situações como esta, são extremamente importantes, uma vez que o delta do Egito é densamente povoado e tem várias terras usadas para a agricultura

 

(AP/Google)

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]