Estamos em época de montar um evento






Já está em época de montar um evento para o Arqueologia Egípcia, não é?

Arqueologia Egípcia já existe faz quatro anos (completou idade neste mês de Maio) e até hoje não realizou nenhum evento, atitude estranha para um site que busca explanar para o público um pouco sobre a Arqueologia, o que anda sendo publicado e as discussões em pauta.

Nestes anos recebi todos os tipos de e-mail com todos os tipos de anseios e acho que já está em tempo de abrir um espaço para o público amador e acadêmico se encontrar e discutir juntos acerca de questões da Arqueologia (em geral). Já tive inclusive duas ideias de eventos: um seria um simpósio de uma semana, o outro uma palestra.

O simpósio seria de caráter geral abordando temas além da Egiptologia uma vez que acho de suma importância que o público tenha contato com não só um tema da Arqueologia, mas vários. Acerca da palestra já pensei em algo especial e que por acaso é um projeto que já tenho arquivado faz alguns anos.

Nenhum destes eventos será para este semestre e espero em breve estar anunciando no Arqueologia Egípcia acerca de ambos.

 

 

Chá e dança árabe

 

 

Nos dias 27, 28 e 29 de abril ocorreu o primeiro Chá Árabe de 2012 do Portal Hanna Belly (Sergipe), tal evento que já é praticamente uma tradição do Portal.

 

Chá Árabe do Portal Hanna Belly em 2011 (Sou a segunda moça da direita para a esquerda). Foto: Matheus Batalha. 2011.

 

Fui a um dia do chá no ano passado e adorei, foi uma noite bem diferente em Aracaju, embora para a minha felicidade não sejam tão raras as noites árabes na cidade (ao menos não como a maioria dos sergipanos imaginam). Apesar de todos os festivais serem encantadores, o que torna os do Hanna Belly especiais é o próprio ambiente do edifício da escola (além das coreografias, claro), que possui quadros e objetos que remetem a cultura oriental.

Cecilia Calvacante dança usado Véu Wings no Chá Árabe de 2012. Foto: Jane Feitosa.

Agora em 2012 frequentei dois dos dias do chá e confesso que se pudesse teria frequentado os três dias já que o espetáculo deste ano superou o do ano passado (que por acaso também foi ótimo, então imaginem), inclusive adotei duas coreografias como favoritas, dentre elas a do Véu Wings, interpretada por Cecilia Calvacante, dona e uma das professoras do Hanna Belly.

 

Capturando um momento de descontração das moças que estavam sentadas na mesa da frente. Foto: Márcia Jamille Costa. 2012.

 

Uma luminária para vela com a foto de uma das estrelas do chá, a Cecilia Cavalcante. Era nela que estava a lista das danças da noite. Foto: Márcia Jamille Costa. 2012.

 

A outra estrela da noite... O próprio chá. Quem não curte muito esta bebida pode optar por refrigerante para acompanhar o jantar. Foto: Márcia Jamille Costa. 2012.

 

Já no final da última noite minha irmã observando o público se despedindo. Foto: Márcia Jamille Costa. 2012.

 

Ano passado o Portal realizou o espetáculo “O Oriente no Ventre do Ocidente” que foi uma mostra do Orientalismo através de coreografias e imagens (logo se vê pelo cartaz do espetáculo). O DVD poderá estará disponível em breve.

 

Cartaz do espetáculo “O Oriente no Ventre do Ocidente”. 2011. Portal Hanna Belly.

Google homenageia o arqueólogo Howard Carter

O Luis Felipe, um dos alunos (e colega) do mestrado em Arqueologia da Universidade Federal de Sergipe me apontou esta manhã o doodle do Google de hoje (09/05) e para a minha surpresa está uma homenagem ao aniversário do arqueólogo britânico Howard Carter, responsável pela descoberta da tumba de Tutankhamon.

A imagem:

Homenagem do Google ao 138° aniversário de Howard Carter

Abaixo uma matéria do site da BAND (tem até um e-mail, por favor, escrevam agradecendo pelo texto):

Google homenageia o arqueólogo Howard Carter

O egiptólogo britânico ficou conhecido por ter descoberto a tumba do faraó Tutankhamon no Vale dos Reis

Da Redação noticias@band.com.br

O Google homenageia o arqueólogo e egiptólogo britânico Howard Carter, que caso estivesse vivo completaria 138 anos nesta quarta-feira. Ele ficou conhecido por ter descoberto a tumba do faraó Tutankhamon no Vale dos Reis – localizado no Egito – e por inovar os métodos de análise dos túmulos.

Conhecedor de vários dialetos árabes, aos 27 anos tornou-se inspetor-chefe dos monumentos do Alto Egito e Núbia.

Sua primeira missão foi em Bani Hassan, onde foi incumbido de gravar e copiar as cenas nas paredes dos túmulos dos príncipes do Médio Egito. Dizem que ele trabalhava ao longo do dia e dormia com os morcegos nos túmulos durante a noite.

Em 1922, Carter encontrou os degraus que o levou ao túmulo de Tutankhamon. O arqueólogo descobriu o túmulo faraónico melhor preservado que já havia sido encontrado. Os meses seguintes foram dedicados a catalogar o conteúdo de antiguidades do Egito. Já em 1923, ele encontrou uma casa mortuária e o sarcófago de Tutankhamon.

(…)

 

No mural do Arqueologia Egípcia uma leitora (Nati Lerda)  deixou até uma mensagem:

 

♥♥ Hoy Howard Carter cumpliria 138 años… lo felicito por ser el arqueólogo en encontrar esa hermosa tumba de tutankamon… =)… dia especial para todos los arqueólogos en el mundo… FELICIDADES EGIPTO POR DARNOS MARAVILLAS COMO ESTAS… ♥♥ Márcia Jamille – Arqueologia Egípcia… hay que seguir descubriendo… =)