Google homenageia o aniversário da descoberta do fóssil “Lucy”

Depois de prestar homenagem ao arqueólogo Howard Carter e a arqueóloga e antropóloga Mary Leakey no dia de hoje (24/11) o doodle do Google está comemorando os 41 anos da descoberta do fóssil “Lucy”.

“Lucy” no doodle do Google. 2015.

Encontrado na Etiópia, o fóssil de Lucy é um Australopithecus afarensis com cerca de 3,2 milhões de anos. Foi encontrado durante as escavações arqueológicas coordenadas pelo antropólogo Donald Johnson em 1974, no deserto do Triângulo de Afar.

Seu descobrimento e pesquisa é de extrema importância porque trata-se de uma das espécies hominídeas mais antigas, sendo um dos nossos vínculos com o passado mais remoto da humanidade.

Como o nome “Lucy” bem indica o corpo é de uma fêmea. Ela foi batizada dessa forma graças à música dos Beatles, Lucy in the Sky With Diamonds, que, de acordo com os relatos dos pesquisadores envolvidos no seu achado, estaria tocando no momento das escavações.

Foi graças a uma analogia a ela que um dos nossos fósseis brasileiros mais antigos chama-se “Luzia”.

Atualmente Lucy está em exposição no Museu Nacional da Etiópia, na capital etíope Addis Abeba.


Notícia sugerida por Márcia Sandrine.

A arqueóloga e antropóloga Mary Leakey é homenageada no doodle do Google

Leakey é um dos principais nomes da Arqueologia, principalmente depois de descobrir restos de um dos nossos ancestrais, o proconsul africanus.

Mary Leakey no doodle do Google. 2013.

O mais legal é que no doodle ela foi representada com os seus dálmatas, que normalmente ficavam nas escavações.

Não é a primeira vez que o Google homenageia uma personalidade da Arqueologia, ano passado foi a vez de Howard Carter: Google homenageia o arqueólogo Howard Carter 

Continue reading

Google homenageia o arqueólogo Howard Carter

O Luis Felipe, um dos alunos (e colega) do mestrado em Arqueologia da Universidade Federal de Sergipe me apontou esta manhã o doodle do Google de hoje (09/05) e para a minha surpresa está uma homenagem ao aniversário do arqueólogo britânico Howard Carter, responsável pela descoberta da tumba de Tutankhamon.

A imagem:

Homenagem do Google ao 138° aniversário de Howard Carter

Abaixo uma matéria do site da BAND (tem até um e-mail, por favor, escrevam agradecendo pelo texto):

Google homenageia o arqueólogo Howard Carter

O egiptólogo britânico ficou conhecido por ter descoberto a tumba do faraó Tutankhamon no Vale dos Reis

Da Redação noticias@band.com.br

O Google homenageia o arqueólogo e egiptólogo britânico Howard Carter, que caso estivesse vivo completaria 138 anos nesta quarta-feira. Ele ficou conhecido por ter descoberto a tumba do faraó Tutankhamon no Vale dos Reis – localizado no Egito – e por inovar os métodos de análise dos túmulos.

Conhecedor de vários dialetos árabes, aos 27 anos tornou-se inspetor-chefe dos monumentos do Alto Egito e Núbia.

Sua primeira missão foi em Bani Hassan, onde foi incumbido de gravar e copiar as cenas nas paredes dos túmulos dos príncipes do Médio Egito. Dizem que ele trabalhava ao longo do dia e dormia com os morcegos nos túmulos durante a noite.

Em 1922, Carter encontrou os degraus que o levou ao túmulo de Tutankhamon. O arqueólogo descobriu o túmulo faraónico melhor preservado que já havia sido encontrado. Os meses seguintes foram dedicados a catalogar o conteúdo de antiguidades do Egito. Já em 1923, ele encontrou uma casa mortuária e o sarcófago de Tutankhamon.

(…)

 

No mural do Arqueologia Egípcia uma leitora (Nati Lerda)  deixou até uma mensagem:

 

♥♥ Hoy Howard Carter cumpliria 138 años… lo felicito por ser el arqueólogo en encontrar esa hermosa tumba de tutankamon… =)… dia especial para todos los arqueólogos en el mundo… FELICIDADES EGIPTO POR DARNOS MARAVILLAS COMO ESTAS… ♥♥ Márcia Jamille – Arqueologia Egípcia… hay que seguir descubriendo… =)