Mapa com algumas escavações arqueológicas no Egito

Por Márcia Jamille | Twitter | Instagram

A Egypt Exploration Society está cada vez mais preocupada com a Arqueologia Pública e nos últimos meses lançou um mapa interativo no Google Maps onde estão plotadas áreas de escavações arqueológicas realizadas por equipes dela ou financiada pela mesma.

A navegação é simples: ao acessar o link (que disponibilizo ao final deste texto) surgirá o mapa do Egito com pins coloridos apontando as cidades de interesse que também são listadas ao lado. Você pode navegar clicando em qualquer um dos dois e então abrirá um balão com algumas informações sobre as pesquisas na localidade.

Infelizmente não é possível visualizar de perto a área dos sítios arqueológicos com a ferramenta do Google Streets.

Mais sobre o mapa:

Em 2015-16 o portfólio de projetos de pesquisas de campo do Egypt Exploration Society será tão extensa e abrangente como sempre foi. Em adição às suas próprias expedições de longa data (“ESS Projects” abaixo), o EES irá auxiliar uma variedade de outras missões, financiado através do novo processo de submissões (http://goo.gl/NgeFUB), e outras iniciativas liderada por “investigadores em início de carreira” por meio do prêmio Centenary Awards (http://goo.gl/crOvpP). (Fonte: EES)

Para acessar o mapa é só clicar no seguinte link: https://www.google.com/maps/d/viewer?mid=zj2dEfOecO8s.kZQIvvDzjBZA

I Semana de Arqueologia da CAJUFS

Por Márcia Jamille | Instagram | @MJamille

Entre os dias 13 e 18 de abril ocorrerá a I Semana de Arqueologia da CAJUFS na Universidade Federal de Sergipe, Campus de Laranjeiras. O tema é “Vozes, memórias e materialidade: Laranjeiras por um outro ângulo” e tem como objetivo discutir a Arqueologia Pública.

O evento contará com varias atividades desde palestras, minicursos e até doações/trocas de artigos científicos (aquelas xérox que depois que nos formamos ou passamos por uma disciplina ficam amontoadas em um canto da nossa biblioteca). Ainda terá uma visita guiada para o Museu de Arqueologia de Xingó.

A organização está aceitando resumos para a apresentação de trabalhos tanto para comunicações orais como banners até o dia 08 de abril (2015).

Estarei presente lá também com um espaço para comercializar o meu livro “Uma viagem pelo Nilo” (em breve mais detalhes).

Mais informações: 

Link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/827321970695962/

Blog do evento: https://semanacajufs.wordpress.com/

Informações complamentares: semanacajufs@gmail.com

O som de uma escavação na cidade de Abidos

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille

Com a internet existe uma série de possibilidades de tentar aproximar o público comum dos trabalhos de Arqueologia realizados no Egito. Dentre os registros fotográficos e em vídeo estão as gravações sonoras para que os internautas tenham uma impressão do que ocorre em um sítio arqueológico.

Entre estes arquivos disponibilizados está o de um dos trabalhos de escavação arqueológica realizada na cidade de Abidos e nele é possível ouvir os sons realizados pelas colheres, peneiras e até conversas da equipe. O registro foi realizado por Laurel Bestock. Clique aqui para ouvir.

Lançamento de Livro: De Dinossauros ao Patrimônio – Descobrindo a Arqueologia

 

 

Será lançado no dia 20 de março de 2013 em Campinas (SP), durante a “I Semana de Arqueologia da Unicamp: Arqueologia e Poder”, o livro “De Dinossauros ao Patrimônio: Descobrindo a Arqueologia”, do Laboratório de Arqueologia Pública Paulo Duarte (LAP).

De Dinossauros ao Patrimônio: Descobrindo a Arqueologia. 2013.

Sinopse do livro:

Rafael é um garoto de 11 anos apaixonado por aventuras e que sonha em um dia se tornar um arqueólogo famoso, rico e caçador de dinossauros e tesouros perdidos. Porém, o que ele não esperava é que um importante senhor de gravata borboleta lhe apareceria em um belo dia, em sonho, para desmistificar a sua ideia de arqueólogo aventureiro, e que estuda dinossauros, e o levaria a uma aventura de conhecimento e descobertas sem fim acerca do que é a arqueologia e do patrimônio cultural arqueológico. Aventura essa que mudaria o pensamento e a vida de Rafael para sempre!

Além da historinha, o gibi possui páginas extras com caça-palavras, você sabia, e dicas de como se tornar arqueólogo no Brasil. (Sinopse disponível no perfil do Laboratório de Arqueologia Pública Paulo Duarte no Facebook)

Sobre o evento: http://www.nepam.unicamp.br/lap/arqueologiaepoder/

Site do LAP: http://www.nepam.unicamp.br/lap/

Facebook: http://www.facebook.com/lap.pauloduarte

===================

Update – 04 de Abril de 2013:

 

Para quem tem interesse em ler o gibi “De dinossauros ao patrimônio: descobrindo a Arqueologia” ele está disponível através do link abaixo:

 

http://www.nepam.unicamp.br/lap/docs/de-dinossauros-ao-patrimonio-descobrindo-a-arqueologia.pdf

 

[Evento] EREARQ-NE/2012

Entre os dias 28 de maio a 02 de junho será realizado em São Raimundo Nonato (Piauí) o Encontro Regional dos Estudantes de Arqueologia do Nordeste (EREARQ-NE) em sua quarta versão e com o tema “Arqueologia Pública: ciência, patrimônio e sociedade”.

EREARQ-NE 2012

Para saber mais: http://www.erearq.univasf.edu.br/

Sobre o evento:

O IV Encontro Regional dos Estudantes de Arqueologia do Nordeste do Brasil – EREARQ será sediado no Campus Serra da Capivara, Universidade Federal do Vale do São Francisco, em São Raimundo Nonato estado do Piauí, no período de 28 de maio a 02 de junho.

O EREARQ é um evento realizado anualmente, desde 2009. Nele reúnem-se estudantes de Arqueologia da região Nordeste. É coordenado pela Comissão Organizadora do Encontro Regional dos estudantes de Arqueologia – COEREARQ,
eleita para esta finalidade. A COEREARQ é constituída de acadêmicos de Arqueologia da sede onde será realizada a quarta edição do encontro. Tem o objetivo de promover a diversificação do conhecimento acadêmico e criar um ambiente de integração aos participantes do evento.

As edições anteriores do EREARQ foram realizadas em Laranjeiras – SE, na Universidade Federal de Sergipe, em 2009 e 2010, e em Teresina, na Universidade Federal do Piauí, no ano de 2011. Os temas abordados nessas edições contribuíram para o amadurecimento e fortalecimento do ensino de graduação e fomentaram a atuação de profissionais de Arqueologia no Nordeste e no Brasil.

Mudanças no campo das abordagens da Arqueologia, principalmente em seu caráter social, estão ganhando espaço e novos olhares em diferentes setores da sociedade. Por isso, a quarta edição do EREARQ-NE propõe discussões a respeito desse tema (Texto disponibilizado pelo site do evento).