Múmia de rato será devolvida ao Egito

Tradução e adaptação: Márcia Jamille Costa | @MJamille

 

A Alemanha está devolvendo ao Egito nesta terça-feira (17 de Julho de 2012) um ataúde com a múmia de um rato, que remonta a época Ptolomaica (332 a.C a 30 a.C) retirada ilegalmente do país árabe, informou no domingo passado o Ministério Egípcio de Antiguidades.

Segundo um comunicado do departamento, o sarcófago, de madeira com tampa de gesso esmaltado em ouro, estava exposto no Museu Egípcio da cidade Alemã de Leipzig, onde está conservado em bom estado.

A nota explica que faz um ano que os responsáveis pelo museu começaram a suspeitar de que a peça tinha sido retirara de forma ilegal do Egito, de modo que avisaram as autoridades competentes de seu país e entraram em contato com o escritório de cultura egípcia na Alemanha.

O ataúde com a múmia esteve exposto neste centro alemão desde 1997 e procede do sítio de Tuna al Yabal, próximo da localidade de Al Minia, a uns 250 Km ao Sul do Cairo.

O comunicado diz que o rato para os antigos egípcios simbolizava o povo rendido nos tempos de decadência, enquanto que em outras ocasiões era a advertência dos maus augúrios.

 

Fonte da notícia: Egipto recuperará de Alemania momia de un ratón sacada ilegalmente del país. Disponível em < http://www.abc.es/agencias/noticia.asp?noticia=1211994 >. Acesso em 15 de Julho de 2012.

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]

2 comentários sobre “Múmia de rato será devolvida ao Egito

Os comentários estão desativados.