Estátua de Ramsés II – Museu de Turim

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille

Parece que para ele não bastava ser grande, tinha que ser maior do que todos os outros. Ramsés II talvez tenha sido o faraó que mais construiu, que mais teve filhos e um dos que mais viveu, alcançando cerca de 90 anos de idade, onde se contam 67 de governo. Seus feitos hoje são conhecidos devido as suas obras governamentais que procuravam atestar o seu poder divino.

Muitas de suas façanhas são lendárias, algumas delas não aconteceram, porem como era o Ramsés II que detinha o controle da comunicação no fim o que prevaleceu para nós foi uma “história escolhida” pelo o próprio e sua corte. Felizmente, o estudo da cultura material, chocada com os registros escritos, tem nos mostrado histórias muito mais além do que as investidas de Ramsés II, sabemos hoje sobre vários aspectos do seu próprio povo, isto devido as ostracas de sua época, mensagens deixadas por pessoas que há algumas décadas atrás, eram vistas como iletradas.

Dentre suas realizações estão a construção do Ramseum, Abu Simbel, a tumba de galerias para os seus filhos no Vale dos Reis,  a bela tumba para uma de suas esposas, a Nefertari, e Pi-Ramsés. Ele também é conhecido por usurpar obras de seus antecessores, que, embora este fosse um ato comum entre alguns faraós, o caso deste governante em questão acabou sendo excepcional.

Ramsés II é famoso também por sua “vitória” na batalha de Kadesh e seu tratado de paz com os hititas.

Diz-se que era ruivo, a cor dos cabelos da sua múmia aponta para isto – apesar de que, pela a idade em que morreu, espera-se que tivesse com cabelos brancos – e o exame de seu corpo revelou enfermidades causadas pela a longa idade.

A imagem exposta no Museu Egípcio de Turim:

Esta famosa imagem do faraó foi encontrada em Tebas no século XIX. Hoje ela está exposta no Museu Egípcio de Turim e mostra o faraó em plena juventude. Ele usa a coroa azul e segura o báculo real com a mão direita.

 

Ramsés II – Museu Egípcio de Turim. Foto: Hans Ollermann. Retirado de < www.flickr.com/photos/menesje/sets/72157613807304892> Acesso em 22 de Maio de 2011.

Ramsés II – Museu Egípcio de Turim. Foto: Hans Ollermann. Retirado de < www.flickr.com/photos/menesje/sets/72157613807304892> Acesso em 22 de Maio de 2011.

Ramsés II – Museu Egípcio de Turim. Foto: Hans Ollermann. Retirado de < www.flickr.com/photos/menesje/sets/72157613807304892> Acesso em 22 de Maio de 2011.

Ramsés II – Museu Egípcio de Turim. Foto: Hans Ollermann. Retirado de < www.flickr.com/photos/menesje/sets/72157613807304892> Acesso em 22 de Maio de 2011.

Ramsés II – Museu Egípcio de Turim. Foto: Hans Ollermann. Retirado de < www.flickr.com/photos/menesje/sets/72157613807304892> Acesso em 22 de Maio de 2011.

Ramsés II – Museu Egípcio de Turim. Foto: Hans Ollermann. Retirado de < www.flickr.com/photos/menesje/sets/72157613807304892> Acesso em 22 de Maio de 2011.

Ramsés II – Museu Egípcio de Turim. Foto: Hans Ollermann. Retirado de < www.flickr.com/photos/menesje/sets/72157613807304892> Acesso em 22 de Maio de 2011.

Visite o site do Museu: http://www.museoegizio.org/

Ficha da imagem (em italiano, mas com opção para o inglês): http://www.museoegizio.org/pages/ramessee.jsp

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia. [Leia seu perfil]

2 thoughts on “Estátua de Ramsés II – Museu de Turim

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


8 − 7 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>