Katy Perry lança clipe com tema egípcio

Por Márcia Jamille | @MJamille | Instagram

No dia 20/02/2014 anunciei na página do Arqueologia Egípcia, no Facebook, o vídeo promocional da música “Dark Horse” (abaixo), da cantora Katy Perry. Nele é contada a história do futuro clipe: “De acordo com a lenda, existiu uma rainha feiticeira em Mênfis, Egito. Durante as eclipses, reis viajavam do Brooklyn à Babilônia para tentar ganhar seu coração. Se ela cair de amores, você seria o cara. Se não, sua ira iria deixá-lo choramingando. Seu nome é Katy-Patra”.

 

 

Hoje anuncio aqui o clipe propriamente dito:

 

 

Este vídeo, assim como muitos outros que possuem como tópico a antiguidade egípcia, serve para os teóricos da Egiptomania conhecer o que o senso comum recebe, entende ou interpreta como “Antigo Egito”. Existem vários elementos para a discussão neste caso, desde a clara referência visual da personagem Cleópatra, interpretada em 1963 pela atriz Elizabeth Taylor,  ou do filme Stargate (1994), até a idealização de um Egito fabuloso.

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]