1ª missão brasileira no Egito encontra restos de múmias e sarcófagos em tumba

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille | Instagram Na necrópole tebana dedicada aos antigos nobres do Egito, com vista para o Ramesseum e relativamente próximo ao Vale dos Reis, o Brasil está começando a deixar sua marca na Arqueologia Egípcia. O Amenemhet Project, um projeto que está dentro do Brazilian Archaeological Program in Egypt (BAPE), já fez algumas descobertas notáveis. Os estudos estão sendo liderados por um pesquisador da Universidade Federal de Sergipe (UFS), o Prof. Dr. Leia mais [...]

Arqueólogos da primeira missão brasileira no Egito já voltaram para casa

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille | Instagram Em março comentei aqui no A.E. que o Brasil, pela primeira vez em toda a história da Egiptologia, assinou uma pesquisa de arqueologia no Egito. A equipe, denominada de Brazilian Archaeological Program in Egypt (Programa Arqueológico Brasileiro no Egito), deu início aos trabalhos do Amenemhet Project, que está responsável por duas tumbas tebanas que pertenceram a nobres da época dos faraós: a TT 123 e a TT 368. Foto: BAPE. Dr. Leia mais [...]

O Brasil tem a sua primeira missão de Arqueologia no Egito

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille | Instagram Finalmente o Brasil tem uma missão de Arqueologia no Egito sob a direção de um pesquisador brasileiro, o Dr. Prof. Jose Roberto Pellini. Trata-se da Brazilian Archaeological Program in Egypt (Programa Arqueológico Brasileiro no Egito), que está responsável pela análise das tumbas tebanas TT-123 e TT-368. Esse é um momento único porque embora o país tenha pesquisadores trabalhando ou participando de escolas de campo no Egito, jamais, em Leia mais [...]

O surpreendente esconderijo de múmias de faraós encontrado no século XIX em Deir el-Bahari (TT320)

Quando os primeiros exploradores europeus chegaram ao Egito em busca dos seus tesouros arqueológicos —  fossem eles estátuas, imagens parietais, sarcófagos e, claro, joias — descobriram que todas as tumbas reais tinham sido saqueadas em algum momento da antiguidade[1].  Desta forma, foi uma surpresa quando nas décadas de 1870-80 artefatos com nomes de faraós e alguns dos seus parentes começaram a aparecer no mercado de antiguidades (DAVID, 2011). Os registros dessa época somente Leia mais [...]

Se encante com estas fotos da tumba do faraó Seti I

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille | Instagram Seti I foi o segundo faraó da 19ª Dinastia (Novo Império) e por conta das realizações do seu governo é considerado por alguns egiptólogos como o governante que estreou o Período Ramséssida, em vez do seu pai, Ramsés I. Sua Grande Esposa Real foi Tuya, a mãe de Ramsés II e de possivelmente mais outras três crianças: um primogênito (mas falecido jovem), Tia e Hanutmiré (que se casou mais tarde com Ramsés II). — Saiba mais: Seti Leia mais [...]

12 tumbas provavelmente datadas do tempo dos faraós Tutmosis III e Amenhotep III são descobertas no Egito

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille | Instagram No dia 11/01/2017 foi anunciado que uma equipe de arqueólogos suecos descobriu em Gebel el-Silsila, próximo a Assuã, doze tumbas escavadas na rocha datadas da 18ª Dinastia, mais especificamente provavelmente dos reinados dos faraós Tutmosis III e Amenhotep III [1][2]. Foto: Divulgação/MSA Observando o comunicado de imprensa apresentado pelo Ministério das Antiguidades do Egito é possível ver que alguns aparatos funerários (a exemplo Leia mais [...]

(Vídeo) Portas Falsas: uma ligação entre os mortos e os vivos

Não! Definitivamente as "portas falsas" do Egito Antigo não tem nada a ver com armadilhas escondidas em pirâmides! Na verdade, foi um componente religioso muito importante para a religião egípcia. Porta Falsa de Mereruka. Foto: Wikimedia Commons. A sua ideia era simular uma ligação entre o mundo dos vivos e dos mortos, ou seja, que através dela o Ka (uma das partes que constitui o indivíduo; no vídeo explico) poderia passear livremente. Youtube | Facebook | Instagram | Twitter Leia mais [...]