(Dissertação) O escaravelho-coração nas práticas e rituais funerários do Antigo Egito

O escaravelho-coração nas práticas e rituais funerários do Antigo Egito | Marina Buffa César

Os escaravelhos eram utilizados pelos egípcios antigos como amuletos, funerários ou cotidianos, e selos, com nomes da realeza e de pessoas comuns. Eles eram identificados com o deus solar Khepri. Um tipo de amuleto funerário, o escaravelho-coração, é conhecido como um dos mais importantes para assegurar que o morto chegasse ao Mundo Inferior sem contratempos. O objetivo dessa dissertação é descrever a simbologia dos escaravelhos coração de acordo com a religião egípcia e textos funerários. O texto está baseado em textos clássicos sobre o assunto e em alguns relatórios de escavações, com intuito de entender o contexto arqueológico em que esses objetos foram encontrados. Todavia, os escaravelhos coração não são raramente encontrados em contexto original, sendo a maioria comprada ou doada para Museus. O amuleto era colocado na região torácica do morto durante o processo de mumificação, mais comumente em meio às bandagens. A sua função era impedir que o coração de seu dono se levantasse contra ele em falso testemunho. O Capítulo 30b do Livro dos Mortos aparece em sua maioria na base desses amuletos para eficácia do poder dessas palavras. O escaravelho-coração era feito basicamente em rocha esculpida no formato do amuleto, tendo em um dos lados o animal e o texto no outro. O segundo volume é composto pelos escaravelhos-coração em si, descritos em suas fichas catalográficas e com fotografias. Esse volume serve como a base para o desenvolvimento do texto do volume I.

Obtenha a dissertação O escaravelho-coração nas práticas e rituais funerários do Antigo Egito.

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]