(Vídeo) Ay e as pinturas de Tutankhamon

Este vídeo faz parte do último trecho do documentário “O funeral de Tutankhamon” (atualmente em exibição na National Geographic Brasil) e conta qual seria o esquema de Ay, sucessor do faraó-menino, para se representar aos convidados do sepultamento do rei e para os deuses como o herdeiro do falecido.

Quem foi Ay?

Foi um dos membros mais populares do séquito que Amenhotep IV (Akhenaton) e Tutankhamon. Após anos servindo aos seus predecessores subiu ao trono depois de uma união com Ankhesenamon, a esposa de Tutankhamon.

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]

2 comentários sobre “(Vídeo) Ay e as pinturas de Tutankhamon

  1. Li que pesquisadores acreditam que Ay casou com uma filha de Akhenaton visando ganhar raízes nobres, já que era o vizir de Tuthankhamon (sem qualquer ligação sanguínea). A rainha teria sumido dos registros reais após a descoberta de correspondências entre ela e um rei Hitita, onde o rei enviaria seu filho para casar-se com Ankhesenamon.
    Ay colocou ambos na conta do papa.

    • Alguns acham que foi o Ay, outros acham que foi o general Horemheb, só sei que ambos venderam o seu peixe para dizer que eram sucessores de Tutankhamon, mas o final Ay é quem fica com o trono e Horemheb logo depois… Ankhesenamon é que sumiu da parada.

Os comentários estão desativados.