Sítio arqueológico em Alexandria é destruído e vendido para construtora

Por Márcia Jamille | Instagram | Twitter

De acordo com o Egypt’s Heritage Task Force um sítio arqueológico helenístico do distrito de Shizar, em Alexandria, foi demolido pelo proprietário do local porque ele queria vendê-lo para uma empresa de construção. O mais chocante é que de acordo com a denúncia a venda do sítio foi aprovada pelo próprio Ministério das Antiguidades porque, de acordo com o diretor de antiguidades de Alexandria, o local ameaçava a estabilidade arquitetônica de edifícios das proximidades. Abaixo fotos do sítio anteriormente:

E atualmente:

Fotos disponibilizadas pelo Egypt’s Heritage Task Force.

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]

Um comentário sobre “Sítio arqueológico em Alexandria é destruído e vendido para construtora

Os comentários estão desativados.