Arqueólogos espanhóis descobrem múmia intacta sob templo do faraó Tutmés III

Por Márcia Jamille | @MJamille | Instagram

Notícia via Guilherme Santos e ‎Wellington Oliveira‎ (Facebook)

Uma equipe de Arqueologia da Espanha descobriu recentemente um sarcófago contendo uma múmia intacta sob um templo do faraó Tutmés III, em Luxor. O corpo é de um homem chamado Amenirnef, que possuía o cargo de “servente da casa real”.

O artefato foi feito com cartonagem, um tipo de técnica de construção que consiste em criar artefatos (no caso da descoberta em questão: um sarcófago) com camadas de tecidos revestidos por estuque.

O sarcófago está em ótimo estado de conservação, possuindo ainda os seus padrões de cores. Contudo, devido a sua idade, o artefato está muito frágil, necessitando de muito cuidado ao ser manipulado.

Ele foi datado como pertencendo provavelmente ao “Terceiro Período Intermediário”, uma das épocas de descentralização do poder egípcio.

Fontes:

Arqueólogos espanhóis descobrem múmia intacta em Luxor, no Egito. Disponível em < http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/11/arqueologos-espanhois-descobrem-mumia-intacta-em-luxor-no-egito.html >. Acesso em 18 de novembro de 2016.

Arqueólogos españoles hallan un cartonaje de momia bajo el templo de Tutmosis III. Disponível em < http://www.lavanguardia.com/cultura/20161114/411829422033/mision-espanola-halla-el-maravilloso-cartonaje-de-un-sirviente-real-egipcio.html >. Acesso em 18 de novembro de 2016.

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]