Tumba de um escriba é descoberta no Egito

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille | Instagram

No último dia 31 de janeiro foi anunciada a descoberta de uma tumba do Periodo Ramsessida, pertencente a um homem chamado Khonsu, identificado na sepultura como “Escriba Real”.

Localizada em El Khokha, Luxor, ela foi encontrada por uma equipe de arqueologia da Universidade de Waseda, coordenada pelo professor Jiro Kondo, responsável pela limpeza de um túmulo de um homem chamado Userhat. “Durante a limpeza da parte oriental do pátio da frente da tumba de Userhat, um grande buraco esculpido na parte norte foi encontrado. Depois de rastejar pelo buraco, foi descoberto que ele levava à parede sul da saída do túmulo de Khonsu.”[1], comentou o arqueólogo ao Luxor Times.

Entrada da tumba. Foto: Divulgação.

O locar possui uma forma de “T”, sendo composto por um corredor que leva à câmara funerária. Ele está ricamente adornado com textos e imagens religiosas, a exemplo da Barca Solar precedida por quatro babuínos, que remete a passagem do dia.

Barca Solar e babuínos. Foto: Divulgação.

Khonsu, em outra decoração, é identificado como “Verdadeiro escriba de renome”. A sua esposa também aparece em uma das imagens do sepulcro, o acompanhando em uma reverência aos deuses Osíris e Ísis.

O casal representado na tumba. Foto: Divulgação.

A tumba ainda se encontra coberta com pedras, então certamente mais iconografias serão reveladas no futuro.

Fontes:

[1] Royal scribe tomb discovered in Luxor. Disponível em < http://luxortimesmagazine.blogspot.com.br/2017/01/royal-scribe-tomb-discovered-in-luxor.html?m=1 >. Acesso em 03 de fevereiro de 2017.

Tomb of Ramesside-era royal scribe uncovered in Luxor. Disponível em < http://english.ahram.org.eg/News/257292.aspx >. Acesso em 03 de fevereiro de 2017.

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]