Múmias de sacerdotes do deus Thot são encontradas em grande tumba; filho de faraó também está lá!

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille | Instagram

O Ministério das Antiguidades do Egito divulgou na última quinta-feira a descoberta de tumbas na província de Minya. A maioria pertence a sacerdotes que viveram há 3.00 anos no Egito. No total são 16 túmulos contendo 20 sarcófagos, cinco dos quais são feitos talhados na pedra calcária. A descoberta foi feita por uma missão arqueológica liderada por Mustafa Waziri, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades.

Tratam-se de sepulturas compartilhadas das quais algumas eram de sacerdotes que trabalhavam a serviço ao deus Thot, divindade da escrita. As demais são de altos funcionários do Período Tardio.

No local também foram encontrados 10.000 ushabtis, alguns de cor azul (cor símbolo da divindade) e outros de cor verde (cor símbolo da fertilidade). Ushabtis são pequenas estátuas funerárias que eram colocadas em túmulos para servir ou substituir o falecido em tarefas cotidianas no além mundo. 

Também foram encontrados recipientes canópicos (onde os egípcios colocavam os órgãos mumificados) feitos com calcário pintado (e ao menos um deles pertencia a uma mulher) e 700 amuletos; alguns representando escaravelhos.

Muitos vasos de cerâmica de diferentes formas e tamanhos, usados ​​para fins funerários e religiosos, também foram desenterrados juntamente com ferramentas para cortar pedras e mover caixões, como martelos de madeira.

Durante um comunicado para imprensa, Waziri disse que um dos sarcófagos de pedra pertence ao filho do rei Psamético (não foi esclarecido qual deles), que assumiu o título de chefe do tesouro real. Ele possuía muitos títulos, dos quais um dos mais importantes era o de sacerdote de Osíris e Nut.

Fonte: 

Sarcophagus dedicated to sky god among latest ancient Egypt trove. Disponível em < https://phys.org/news/2020-01-sarcophagus-dedicated-sky-god-latest.html >. Acesso em 30 de janeiro de 2020. 

In photos: Communal tombs for high priests uncovered Upper Egypt. Disponível em < http://english.ahram.org.eg/NewsContent/9/40/362609/Heritage/Ancient-Egypt/In-photos-Communal-tombs-for-high-priests-uncovere.aspx >. Acesso em 30 de janeiro de 2020. 

16 ancient Egyptian burial shafts see the light in Minya. Disponível em < https://wwww.dailynewssegypt.com/2020/01/30/16-ancient-egyptian-burial-shafts-see-the-light-in-minya/ >. Acesso em 30 de janeiro de 2020. 

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]