Hawass se reúne com arqueólogos

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille

O Dr. Zahi Hawass abriu um dialogo com os representantes dos protestos dos recém formados em Arqueologia que ocorreu em frente a cede do Supremo Conselho de Antiguidades. A reunião foi feita de improviso e acompanhada por um pedido de desculpas por parte dos arqueólogos que levaram flores ao recém nomeado ministro. Durante a reunião que ocorreu nesta segunda feira, 21 de fevereiro de 2011, Dr. Hawass anunciou que em março desde ano abrirá nomeações para cargos que deverão atender a cerca de 900 pessoas, dentre arqueólogos e restauradores.

De acordo com a fonte Dr. Hawass já antes de tornar-se ministro tinha planos no Supremo Conselho de Antiguidades para dar emprego aos recém-graduados do país abrindo um pedido de financiamento para a causa. Em seu blog Hawass comentou:

“Eu também gostaria de esclarecer a situação dos muitos jovens que tem protestado em frente ao escritório do Ministério de Assuntos de Antiguidades, exigindo trabalho. Por um lado, eu estou emocionado de ver quantos jovens estão obtendo gral em arqueologia ultimamente; Eu vejo isto como uma homenagem a forma como a conscientização entre os egípcios acerca da importância do patrimônio cultural egípcio tem aumentado nas últimas décadas. Por outro lado, assim como não foi possível para o Ministério da Cultura contratar todos estes recém graduados, ainda não é possível para o nosso novo Ministério de Assuntos de Antiguidades contratar todos com um diploma em Arqueologia.  A realidade é que pessoas de todas as profissões, e de todo o mundo, precisam de trabalho. Como todo mundo sabe, obtenção de um gral em um determinado assunto nunca é uma garantia de um trabalho nesta área”.

No sentido de cursos de capacitação de Arqueólogos Hawass de fato deve receber o seu crédito, afinal, o Supremo Conselho de Antiguidades sob sua direção fez anteriormente alguns cursos de formação de arqueólogos, e faz parte do projeto deles, inclusive, a integração de arqueólogos nacionais no campo de trabalho do país, uma vez que é um número absurdamente pequeno ainda de profissionais da área nativos do próprio Egito.

Dr. Hawass também se explicou sobre aceitar o cargo de Ministro dado por Mubarak:

Quando eu fui nomeado primeiro Ministro de Assuntos das Antiguidades, eu pensei que meu mandato poderia ser muito curto, dada a situação política. Eu não me importava; Eu estava apenas feliz que o serviço de antiguidades tinha finalmente recebido a independência, e que não seria mais do Ministério da Cultura.

Abaixo fotos da reunião:

Arqueólogos se reúnem no dia 21 de fevereiro de 2011 com dr. Zahi Hawass. Fotos disponibilizadas pelo próprio Hawass em seu Facebook. Acesso em 22 de Fevereiro de 2011.

Arqueólogos se reúnem no dia 21 de fevereiro de 2011 com dr. Zahi Hawass. Fotos disponibilizadas pelo próprio Hawass em seu Facebook. Acesso em 22 de Fevereiro de 2011.

Arqueólogos se reúnem no dia 21 de fevereiro de 2011 com dr. Zahi Hawass. Fotos disponibilizadas pelo próprio Hawass em seu Facebook. Acesso em 22 de Fevereiro de 2011.

Arqueólogos se reúnem no dia 21 de fevereiro de 2011 com dr. Zahi Hawass. Fotos disponibilizadas pelo próprio Hawass em seu Facebook. Acesso em 22 de Fevereiro de 2011.

Arqueólogos se reúnem no dia 21 de fevereiro de 2011 com dr. Zahi Hawass. Fotos disponibilizadas pelo próprio Hawass em seu Facebook. Acesso em 22 de Fevereiro de 2011.

Fonte:

Apologies from, and good news for, the protesters. Disponível em < http://www.youtube.com/watch?v=l8C8M335cJE&feature=player_embedded > acesso em 22 de Fevereiro.

Uplifting News. Disponível em < http://www.drhawass.com/blog/uplifting-news > acesso em 22 de Fevereiro.

Arqueólogos mexicanos retornam ao Egito

 

Por Márcia Jamille N. Costa

Após cinco temporadas de escavações no Egito em um trabalho de restauro e interpretação iconográfica a equipe mexicana responsável pelas pesquisas na tumba tebana 39 (TT-39) irá retornar ao nordeste da África para a sua sexta temporada em setembro deste ano (2010) e objetiva em 2013 abrir o sepulcro para a visitação pública.

Fonte: INAH

Fonte: INAH

 A TT-39 é a tumba de um sacerdote da 18ª Dinastia e é a primeira recuperada por mexicanos que será aberta para a apreciação. Dentre os objetos resgatados durante as escavações foram encontrados fragmentos de cerâmica, líticos, ervas e flores secas.

 

Fonte: INAH

 O trabalho está sendo comandado pela Dra. Angelina Macias Goytia, do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do México.

(Artdaily.org)