Escaravelhos carnívoros no Egito Antigo? Entenda!

Por Márcia Jamille | @MJamille | Instagram

Quando o filme “A Múmia” (1999) estreou arrecadou milhares de fãs ao redor do mundo e junto com a fama veio alguns estereótipos: foi graças a esta obra de aventura que muitos dos amantes da antiga cultura egípcia vieram a se familiarizar com a imagem dos escaravelhos sagrados que, apesar de pequenos, eram extremamente mortais: em todos os seus momentos de tela eles aparecem devorando carne humana viva.

Entretanto, este animal jamais existiu!

Escaravelho sagrado egípcio.

Existem várias espécies de escaravelhos, com diferentes colorações e formatos. E algumas de fato comem carne humana, mas somente em decomposição. No caso do Egito além de ser insetos inofensivos, possuíam um papel extremamente importante, sendo considerados uma das imagens de uma importante divindade criadora, o Khepri.

Neste vídeo explico melhor sobre os escaravelhos sagrados, suas múmias — sim, foram encontradas múmias de escaravelhos — e como você pode estudá-los:

Sarcófagos e múmias de escaravelhos. Foto: Ministério das Antiguidades do Egito

Khepri era tido como a manifestação do sol nascente, ou seja, ele era uma divindade solar e uma das formas do deus Rá. Para variar, os antigos egípcios achavam que não existiam fêmeas entre os escaravelhos e que eles nasciam “do nada” de dentro das bolas de estrume que eles carregam de um lado para o outro. Este seria um dos motivos para os egípcios adotar Khepri como um deus criador.  

Escaravelho com uma bola de estrume.

Deus Khepri.

Fontes:

DAVID, Rosalie. Religião e Magia no Antigo Egito (Tradução de Angela Machado). Rio de Janeiro: Difel, 2011.

IKRAM, Salima. Divine Creatures: Animal Mummies in Ancient Egypt. Cairo: The American University in Cairo, 2005.

SHAFER, Byron. Sociedade, moralidade e práticas religiosas (Tradução de Luis Krausz). São Paulo: Nova Alexandria, 2002.

Ancient Egyptian tombs yield rare find of mummified scarab beetles. < https://www.reuters.com/article/us-egypt-archaeology-discovery/ancient-egyptian-tombs-yield-rare-find-of-mummified-scarab-beetles-idUSKCN1NF0KY >. Acesso em 10 de novembro de 2018.

II Semana Acadêmica de Arqueologia UFS/Laranjeiras (SE)

Texto disponibilizado virtualmente pela comissão organizadora.

A Semana Acadêmica de Arqueologia, em sua segunda edição, será realizada na cidade de Laranjeiras no estado de Sergipe, no dia 09/09/2013 a 13/09/2013. O evento ocorrerá na Universidade Federal de Sergipe – Campus Laranjeiras (UFS).

Inscrições:

poster_II_Semana_arqueologia_UFS_2013•Inscrição presencial.

•As inscrições serão realizadas a partir do dia 09/08/2013 encerrando-se no dia 09/09/2013. Valor R$ 10,00 reais.

•As inscrições para apresentações de trabalhos serão realizadas a partir do dia 05/08/2013 encerrando-se no dia 04/09/2013. Os trabalhos deverão ser enviados para o e-mail: semanadearqueologia@yahoo.com.br. Valor R$ 5,00 reais.

Obs.: Fica a critério da comissão organizadora e científica a seleção dos trabalhos inscritos para a apresentação tanto os voltados para comunicação como também os trabalhos expositivos.

Continuar lendo

【Imagem】 Cão em mosaico em Alexandria

 

 

Cão em mosaico em Alexandria. Retirado de Dr. Hawass. Disponível em http://www.drhawass.com/photoblog/beautiful-mosaic-new-library-alexandria _ 20_01_2011. Acesso em 20 de Janeiro de 2011.

Cão em mosaico em Alexandria. Retirado de Dr. Hawass. Disponível em http://www.drhawass.com/photoblog/beautiful-mosaic-new-library-alexandria _ 20_01_2011. Acesso em 20 de Janeiro de 2011.

Este cãozinho apavorado após cometer a travessura de derrubar um vaso de bronze (que está ao seu lado) foi retratado em um edifício em Alexandria e possivelmente remonta ao século II a.C.

A imagem foi descoberta durante as obras de construção da atual Biblioteca de Alexandria e hoje faz parte da estrutura do novo prédio, estando visível para os visitantes do local. Foto: SCA