Hórus em “Um sábado qualquer”

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille

Hórus conversando com outros deuses? É possível ver com muito humor no blog Um sábado qualquer, que publica várias tirinhas que contam as aventuras e desventuras de Deus (o simpático velhinho de toga cor creme) que hora ou outra é confrontado por questões que envolvem o ateísmo, capitalismo e outras religiões pelo o mundo a fora.

O autor de Um sábado qualquer é Carlos Ruas, um rapaz super talentoso que faz tirinhas bem inteligentes e cheias de um bom humor – coisa rara hoje em dia -.

Uma das categorias do blog é O boteco dos deuses, que consiste em estórias que se passam em um barzinho com os deuses batendo um papo amigavelmente. Neste grupo de amigos está o Hórus.

Abaixo algumas das tiras:

Um sábado qualquer: Boteco dos deuses

Um sábado qualquer: Boteco dos deuses

Um sábado qualquer: Boteco dos deuses

Um sábado qualquer: Boteco dos deuses

Um sábado qualquer: Boteco dos deuses

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]

6 comentários sobre “Hórus em “Um sábado qualquer”

    • Sim, é que na época ele não tinha revelado o nome do personagem e o desenho lembra uma das iconografias de Hórus.
      Eu já tinha esquecido até deste post. Vou consertar.
      Abraços.

Os comentários estão desativados.