(Resenha – Livro) “Tenemit: A flor de lótus” de João Afonso

Márcia Jamille | @MJamille | Instagram

Lançado em 2008, “Tenemit: A flor de lótus” é um livro infanto-juvenil escrito pelo brasileiro João Afonso e ilustrado por Hare Lanz. Ele conta a história das garotas Tenemit, Ahuri, Vanessa e Juliana e se ambienta a principio no Egito Antigo, passando em sua segunda parte para o cenário carioca. Quadrinista e amante de Historia, o Afonso  iniciou sua carreira escrevendo roteiros para histórias sobre o Velho Oeste e depois escrevendo o seu primeiro livro, “Sem Resgate”, cujo cenário é o Brasil. Foi graças à uma palestra sobre o Antigo Egito que o interesse pela antiguidade egípcia foi despertado, o que gerou o livro “Tenemit: A flor de lótus”.

Com a consultoria do egiptólogo brasileiro Mauricio Elvis Schneider, o material faz um ótimo e confiável passeio pelo o Egito Antigo, mas não espere uma narrativa profunda, com longos capítulos, afinal, trata-se de um livro para uma faixa etária mais jovem, entretanto, nada impede que adultos curiosos pela a antiguidade não o leiam, já que o Afonso nos apresenta pontos da vida nas antigas comunidades egípcias de uma forma bem casual.

Obrigada João Afonso pela dedicatória!

O livro não somente nos mostra aspectos da vida no Antigo Egito — a exemplo de como eles se envolviam com a questão da morte, o relacionamento com o papel do faraó, crenças em rezas e amuletos etc —, mas também sobre o quanto a amizade entre meninas pode criar vínculos muito fortes, ao contrário da nossa cultura ocidental que insiste em perpetuar que garotas devem ser inimigas naturais — quem nunca ouviu aquela frase “Uma mulher se veste para provocar outra mulher” e outras barbaridades como que todas as mulheres são falsas umas com as outras? —. Este é para mim um dos maiores bônus do livro e o Afonso trabalhou bem com a questão apresentando situações diferentes quando a Ahuri apoia incondicionalmente a amiga Tenemit e quando nos mostra a amizade incomum entre a extremamente cética Vanessa e a esotérica Juliana.

“Tenemit: a flor de lótus” é uma boa pedida para estimular o conhecimento sobre o Antigo Egito em sala de aula, pois, além de apresentar antiguidade egípcia de forma tão clara, vem com uma cartilha para desenvolver a interpretação do texto.

No sentido visual o livro tem uma capa linda, feita de um material brilhante, mas que não diminui sua qualidade e é amplamente ilustrado por dentro. Fiquei bastante satisfeita com a abordagem e a forma que ele foi desenvolvido, afinal, são poucos os autores que buscam a consultoria de egiptólogos. Dito isto, o indico plenamente.

Informações:

Título: Tenemit: a flor de lótus

Autor: João Afonso

Editora: Saraiva

ISBN:

País: Brasil

Páginas:

Ano: 2008

Perfil no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/131352ED145697

 

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]