No Egito estrada por onde caminharam faraós está sendo renovada para receber turistas

Por Márcia Jamille | @MJamille | Instagram

Entre os dias 5 e 6 de novembro ocorreu uma obra na Avenida das Esfinges (Estrada Kebbash), que nada mais é que um corredor de esfinges que conecta o Complexo de Templos de Karnak com o Templo de Luxor, ambos extremamente importantes durante a era dos faraós. Por ela passaram vários festivais relevantes, a exemplo da Bela Festa Opet.

Foto: Hiveminer

Aberta ao público desde 2013, essa estrada tem 2,7 quilômetros de extensão. É uma caminhada rodeada por cerca de 1.200 crioesfinges (esfinges com cabeças de carneiro) esculpidas em arenito, alinhadas em cada lado da estrada.

Veja a extensão da estrada saindo do Templo de Luxor para Karnak. Fonte: Google Earth.

O secretário-geral do Supremo Conselho de Antiguidades, Mostafa Waziri, inspecionou as obras e explicou que essa será a maior passarela para museus a céu aberto do mundo. Ele também afirmou que 70% da obra da estrada foi concluída.

Foto: Mostafa Waziri supervisiona a obra.

A renovação da Avenida das Esfinges tem como objetivo enaltecer ainda mais Luxor (e Karnak) no mapa turístico, atraindo cada vez mais turistas.

Fonte:

Egypt’s Mostafa Waziri inspects work at Kebbash road. Disponível em < https://www.egypttoday.com/Article/4/93955/Egypt%E2%80%99s-Mostafa-Waziri-inspects-work-at-Kebbash-road >. Acesso em 06 de novembro de 2020.

SILIOTTI, Alberto. Egito (Tradução de Francisco Manhães). Barcelona: Editora, 2006.

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]