Móveis de Tutankhamon foram destaque em evento de Arqueologia

Por Márcia Jamille Costa | @MJamille | Instagram

Como comentado aqui no AE ocorreu este mês (de 06 a 08 de maio; 2017) o terceiro ano de um evento internacional realizado no Egito para discutir unicamente o faraó Tutankhamon. Essa reunião ocorre no Grande Museu Egípcio desde 2015 como uma tentativa de discutir mais sobre os melhores métodos para restaurar e preservar a coleção funerária de Tutankamon e garantir o seu transporte seguro do Museu Egípcio na Praça Tahrir para o Grande Museu.

Tut Ankh Amon Sarcophagus, Egyptian Museum, Cairo, Egypt

A versão deste ano, com o título Tutankhamun: Human Remains and Furniture (Tutankhamon: remanescentes humanos e mobília), contou com a apresentação de trabalhos de 12 estudiosos de seis países (França, Espanha, Alemanha, Suíça, Japão e Dinamarca). Além do debate de 17 artigos científicos.

Foram três dias de evento onde o primeiro foi dedicado a discutir sobre alguns dos móveis encontrados na tumba do rei tais como cadeiras, camas e suas caixas de madeira. O segundo para comentar a experiencia do Museu de Berlim na Alemanha e do Museu do Louvre em Paris no transporte de peças de sua coleção, juntamente com novas técnicas utilizadas na exibição de artefatos. E o terceiro e último teve como foco as melhores técnicas usadas para restaurar a coleção funerária do rei.

E como esperado, a questão da possibilidade — cada vez mais minguada — da existência de câmaras ocultas na tumba não foi o foco desta vez (ano passado ocorreu uma mesa especifica para o assunto).

Fonte:

Third annual Tutankhamun conference inaugurated today. Disponível em < http://english.ahram.org.eg/NewsContent/9/40/268197/Heritage/Ancient-Egypt/Third-annual-Tutankhamun-conference-inaugurated-to.aspx >. Acesso em 06 de maio de 2017.

Márcia Jamille

Arqueóloga formada pela UFS com a monografia “Egito Submerso: a Arqueologia Marítima Egípcia” e mestra em Arqueologia também pela UFS com a pesquisa “Arqueologia de Ambientes Aquáticos no Egito: uma proposta de pesquisa das sociedades dos oásis do Período Faraônico”. É administradora do Arqueologia Egípcia e autora do livro "Uma viagem pelo Nilo". [Leia seu perfil]